sábado, 21 de setembro de 2019

Bolsonaro quer aproveitar discurso ambiental para Assembleia-Geral da ONU

O presidente Jair Bolsonaro deve aproveitar sua fala na abertura da Assembleia-Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), na terça-feira (24), para enviar recados à comunidade internacional, apesar da promessa de um discurso “conciliatório”, de acordo com o jornal Estadão. 

A estreia do brasileiro na organização terá respostas às críticas feitas à política ambiental de Bolsonaro e à condução do combate às queimadas na Amazônia.

Desde a campanha eleitoral, Bolsonaro foi classificado pela imprensa estrangeira como um populista de extrema-direita, com descrição dos episódios de retórica do brasileiro e sua visão a respeito de proteção ambiental. A pressão se intensificou em agosto, com a divulgação de dados sobre aumento do desmatamento e das queimadas na Amazônia no ano de 2019, e levou a um embate público entre Bolsonaro e o presidente francês, Emmanuel Macron

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade do internauta.