sexta-feira, 24 de maio de 2019

Governo fecha acordo com técnicos e analisas de universidades da Bahia e evita greve

Governo fecha acordo com técnicos e analisas de universidades da Bahia e evita greve
Foto: Paula Fróes/ GOVBA

O governo fechou um acordo com técnicos e analisas de universidades estaduais e conseguiu evitar uma greve das categorias. O acordo foi firmado entre representantes do Fórum dos Sindicatos dos Servidores Técnico Administrativos das Universidades Estaduais e o governador Rui Costa (PT) nesta quinta-feira (23), na sede da Governadoria, no Centro Administrativo da Bahia (CAB), em Salvador. 

O pacto define a reestruturação da tabela de vencimentos dos técnicos administrativos das quatro universidades estaduais que têm vencimentos abaixo do salário mínimo. No acordo, aceito pelos servidores da Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e da Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), também ficou estabelecido o ajuste do quadro de vagas para permitir a promoção na carreira de 244 servidores dessas duas instituições, sendo 184 da Uneb e 60 da Uesc, entre técnicos administrativos e analistas.

Representantes das universidades estaduais de Feira de Santana (Uefs) e do Sudoeste da Bahia (Uesb) ainda não assinaram o acordo com o Governo do Estado, mas também terão direito ao ganho salarial por decisão do governador. No entanto, as promoções e progressões de carreira ainda não estão asseguradas, até que um acordo entre as duas universidades e o Estado seja efetivado. Um projeto de lei com a reestruturação do quadro de vagas da Uneb e Uesc será encaminhado à Assembleia Legislativa da Bahia (Alba) até esta sexta-feira (24)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade do internauta.