Lula enfeenta solidão com bom humor: Eu sempre quis morar sozinho


Ricardo Stuckert

"Sabe aquele sonho de jogar a cueca para qualquer lado a meia para qualquer lado, a camiseta, não ter que prestar contas, não ter ninguém atrás de mim, 'recolhe, põe no chuveiro'? Hoje, eu faço isso", disse o ex-presidente

Ricardo Stuckert

247 – O ex-presidente Lula também provou que é possível enfrentar qualquer adversidade com bom humor, na entrevista que concedeu a Florestan Fernandes Júnior e Mônica Bergamo. Exemplo disso é sua fala sobre a solidão na prisão política de Curitiba:

É engraçado porque eu sempre tive vontade de morar sozinho. Quando eu fiquei viúvo a primeira vez, em 1971, eu fiquei bravo com a minha mãe [dona Lindu] porque meu sonho era alugar uma quitinete e morar sozinho. A minha mãe morava com a minha irmã, a minha mãe abandonou a minha irmã, foi na minha casa e exigiu que eu alugasse uma casa para morar comigo. E eu morei com a minha mãe durante três anos e meio. Sabe aquele sonho de jogar a cueca para qualquer lado a meia para qualquer lado, a camiseta, não ter que prestar contas, não ter ninguém atrás de mim, 'recolhe, põe no chuveiro'? Hoje, eu faço isso. Mas eu preencho o meu tempo vendo muita coisa.

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade do internauta.