Conquista: Polícia Federal pediu afastamento de vereador, mas Justiça negou

Resultado de imagem para Operação Condotieri

Uma operação da Polícia Federal (PF) que apura crimes eleitorais cometidos em 2016, na cidade de Vitória da Conquista, por um então candidato a vereador do município, está sendo realizada na manhã desta sexta-feira (26).

De acordo com informações da PF, cerca de 20 policiais cumprem mandados de busca e apreensão, quatro mandados de medidas cautelares diversas da prisão e cinco mandados de intimação no município.

Ação desta sexta é a segunda fase da Operação Condotieri e visa apurar a conduta de alguns dos indiciados, que segundo a PF têm tentado impedir ou embargar a instrução criminal do inquérito policial da operação.

O nome do político envolvido e os endereços onde os mandados estão sendo cumpridos não foram divulgados. Segundo a Polícia, foi pedido o novo afastamento do vereador, mas a Justiça negou.

Blog do Rodrigo Ferraz

Nenhum comentário

Os comentários aqui postados são de inteira responsabilidade do internauta.